Monday, December 13, 2010

Retrospectiva 2010

Durante esses dias tem chovido muito em Joburg, essa eh a epoca de chuva aqui, e como chove! Muitos trovoes e relampagos, de perto e de longe... eh de dar medo!
O mais engracado eh que por aqui nao existem para-raios, apenas algumas casas que tem telhado feito de uma material parecido com uma palha que possuem para-raios, e isso eh igual a muitos raios caindo por todos os lados... que medo! Sem contar nas chuvas de granizo que acontecem direto aqui...
E hoje eh mais um dia de chuva... ainda nao esta chovendo granizo, mas isso acontece quando o tempo esta mais quente, e como choveu a semana inteira acho que nao teremos problemas na hora do voo.
Hoje estou aqui no trabalho, ja nao tendo muita coisa pra fazer tambem porque estou tirando ferias a partir de amanha, e isso significa que hoje mesmo embarcamos para passar 3 semanas no Brasil! Por isso resolvi escrever hoje no blog uma retrospectiva de 2010.
Esse ano foi muito bom, ja comecei trabalhando, sem mais ferias forcadas. Conhecemos muitos lugares legais na Africa do Sul e fora dela tambem.
Fomos fazer rafting no rio Orange e depois passamos no Kimberly hole.
Orange River/Kimberly hole

Fomos a Cintsa, uma praia paradisiaca em East London

Cintsa
Fizemos aulas de frances com um monte de sul-africano

Pessoal da nossa sala

Saimos um pouco da Africa e fomos em direcao a Franca, passamos 1 semana em Paris na casa da Marina, nossa prima, com a visita tambem de Fabiana, minha cunhada. Tivemos dias maravilhosos mesmo com o frio e a chuvinha que caia de vez enquando.

Eu, Fabiana, Marina e Bruno com a Eiffel atras de nos

Minha amiga do peito voltou com seu namorado para morar na Africa do Sul!

Fran e Laranja de volta

E enfim chegou a nossa tao esperada epoca de Copa do Mundo. Mesmo com o Brasil perdendo pra Holanda, a copa do mundo foi sensacional! Fomos a 10 jogos, e nos divertimos muito.
Galera brasileira, mais uns coreanos que entraram de bico na foto

Conhecemos Jeffrey's tambem, outra praia paradisiaca.

Jeffreys bay

Fizemos mais amigos brasileiros. Infelizmente no ano que vem o Fabio e a Larissa nao estarao morando mais aqui, mas ja sabemos onde iremos passar alguns dias de ferias neh!! rsrs


Conhecemos Pretoria e Soweto.

Union building Pretoria/ Soweto

Alem de todas as festas, barzinhos, churrascos, pizzas, e muitas, muitas risadas.


Tivemos algumas fases ruins, como quando descobri que tinha trombose, mas superamos e estamos muito bem novamente.

No hospital, comendo comida de hospital (bacon, salsicha, ovo...)/ Dona Olga com seu marido Gabe, minha companheira de enfermaria

E hoje partimos para o Brasil, para terminarmos mais um ano com chave de ouro, revendo a familia e amigos, e aproveitando ao maximo o que o Brasil pode oferecer pra gente!

Obrigada a todos que fizeram parte desse ano em nossas vidas, sendo de longe ou perto. Mais um ano se aproxima e teremos mais aventuras pela frente.

FELIZ NATAL E UM PROSPERO ANO NOVO!
Nos vemos novamente em 2011!

Tuesday, December 7, 2010

Natal antecipado

Depois de muitos dias voltei a escrever no blog... vou ser sincera, eu demoro para escrever no blog porque toda vez eu tenho que colocar todos os acentos nas palavras, mas hoje eu resolvi desencanar dos acentos, ok!
No dia 27 fizemos um Natal antecipado na casa da Larissa e do Fabio, como eles estavam fazendo uma despedida pois ano que vem vao morar na China, tivemos a ideia de aproveitar e comemorar tambem um natal entre nos...
Foi uma noite recheada de alegria, risadas, champanhe, vinho e muita comida boa! Soh tinham brasileiros, com excecao do marido da Claudinha que eh frances, mas fala portugues entao ta valendo.
Cada pessoa teve que levar um prato de comida, como eu estava ainda me recuperando fiquei com a parte mais facil que foram as frutas... hehehe. Todas as comidas estavam deliciosas, tinha peru sadia e ate tender. Alem das sobremesas deliciosas mais um bolo de massa folhada sabor morango feito pela Melissa para podermos cantar parabens para a Fran que faz aniversario no dia 8 de dezembro.




Faltou a Giovana, mas ela estava com a gente em pensamento e em foto tambem!
Giovana (foto), Fran, Larissa, Camille, Mariana, Melissa

Pessoal esperando a comida ficar pronta:
Bruno, Camille, Marcelo, Mariana, Melissa, Claudia, Filip (espero que eu tenha escrito o nome dele certo)

Cantando Parabens!
As vovos! O Bruno diz que elas mandam tao bem na cozinha que ja podem pular a posicao da mae e ir direto para vo!
RecuperadaFoto espontanea... sem contar nas 3 tacas que a Larissa tava segurando
Sentiremos muitas saudades de voces! Reservem o quartinho de hospedes pra gente que vamos visita-los na China hein!
Brasileiros, alguns ja tinham ido embora mas esses ficaram ate o final da festa!

Alguns videos para mostrar do dia da festa.
Primeiro video: Parabens para a Fran
video

Segundo video: Abrindo champanhe com a taca.
video

Monday, November 8, 2010

Soweto video

Hoje vou postar um video que fizemos quando fomos à Soweto. As imagens mostram como nós estávamos alegres por fazer esse passeio e por conhecer um pouco desse outro lado da África do Sul.



video

Tuesday, November 2, 2010

Soweto

Depois de muito tempo sem atualizar o blog, hoje vou escrever sobre a nossa aventura turística no coração de Joburg, Soweto!
Tudo começou na segunda passada quando reolvemos ir todos juntos conhecer Soweto no domingo. A Mariana começou a pesquisar na internet quanto custava o passeio com guia pela cidade, o mais barato custava por volta de 380,00 rands (95 reais) por cabeça. A gente achou um pouco caro, então resolvemos ligar para uma "amiga" do Laranja e da Fran. Na verdade, o Laranja e a Fran conheceram a Connie quando eles tiveram que trocar o pneu do carro. Ela trabalha na loja de pneus e quis levá-los pra conhecer Soweto quando eles disseram que eram brasileiros. Isso aconteceu há meses atrás, e ela sempre ligava pra eles perguntando quando eles iriam se encontrar. Por isso acabamos ligando pra ela perguntando se ela podia levar a gente pra conhecer as redondezas e ela aceitou na hora! No sábado estávamos tentando decidir como iríamos para Soweto. O melhor a fazer era irmos com algum carro alugado porque a gente não conhecia aquela área, e segundo o livro turístico, Soweto é a cidade que tem mais assalto e estupro da África do Sul. No final decidimos que iríamos com o carro da Mariana e com o carro da Melissa, os dois são da Avis, como estávamos em 10 pessoas caberia direitinho e nos encontraríamos as 9:30h da manhã. Isso ficou decidido no sábado à noite, mas com um porém: o Marcelo disse que antes de nos encontrarmos ele iria tentar ver com algum dono de Taxi (o transporte público sul-africano que você só ve negros usando) quanto custaria para nos levar até Soweto. Domingo de manhã estávamos todos na hora e local marcado e é logico que o Marcelo tinha conseguido um Taxi pra levar a gente. Brutos, o taxista, ia nos cobrar 700 rands (175 reais) pelo dia, ficaria 140 rands (35 reais) por casal.
Dentro do Taxi
Tirando foto enquanto esperávamos a Connie
Fomos no encontrar então com a Connie que apesar de atrasar 40 minutos, quando apareceu mostrou que era a pessoa mais adequada pra termos como guia. Chegou gritando e rindo, comprimentou todo mundo, falou que estava muito contente em passar o dia com a gente, ela deixou o marido Paul dirigindo o carro deles e foi nos guiando, dentro do Taxi, até a casa dela. Chegamos em Soweto! Ela quis que a gente entrasse para conhecer a casinha que ela aluga. Muito simples, com apenas dois comodos + banheiro, a casinha dela fica numa ruazinha bem empoeirada no bairro de Soweto chamado White City.
Todos juntos na frente da casa da Connie:Camille, Bruno, Paul, Marcelo, Mariana, Brutos, Connie, Giovana, Alexandre, Fabio, Franciele, Melissa e Rodrigo

Entramos todos no Taxi e fomos até o museu Hector Pierterson. Esse museu tem o mesmo estilo do museu do Apartaide, só que é um pouco menor e custa apenas 25 rands (aproximadamente 6 reais) para entrar. O museu conta a história sobre a revolta estudantil dos negros contra a imposição de aprender as matérias escolares em afrikaans (lingua dos brancos) na época do apartaide. No dia 16 de Junho de 1976 os estudantes saíram em protesto pelas ruas, sem nehuma arma, quando os policiais os confrontaram e mataram 100 estudantes. Hector Pieterson era um gartoto de 13 anos que foi morto na passeata, ele se tornou um icone da revolta estudantil porque um fotógrafo capturou a imagem de Hector nos braços do colega Mbuyisa Makhubo e a irmã de Hector, Antoinette, correndo ao seu lado. Essa imagem ficou conhecida mundialmente e hoje faz parte da história da luta dos negros contra o apartaide.



"To honour the youth who gave their lives in the struggle for freedom and democracy"
(Para honrar os jovens que deram suas vidas na luta pela liberdade e democracia)

"The line in the ground joins the entrance of the Museum to the point where the clash with the police occurred and where Hector Pieterson was shot"
(A linha no chão junta a entrada do museu ao ponto onde o confronto com a polícia ocorreu e onde Hector Pieterson foi baleado)

As torres de Soweto vistas de dentro do museu
Depois do museu fomos à única rua do mundo onde moraram 2 ganhadores do prêmio Nobel de paz, Mandela e Tutu, o bispo sul-africano que também lutou contra o apartaide. A casa de Mandela é aberta para visitas e custa 60 rands (15 reais) por pessoa para entrar, por isso apenas passamos na frente fizemos um "check!". A casa de Tutu não é aberta para visitas porque ele ainda a usa quando está em Soweto. O museu Hector Pieterson fica perto da casa do Mandela e por isso fomos a pé, e no caminho vimos algumas placas que marcam pontos específicos e explicam o que ocorreu naquele lugar no dia 16 de Junho de 1976. Enquanto andávamos um grupo de crianças vieram conversar com a gente e começaram a cantar "eu sou brasileiro com muito orgulho com muito amor" pra gente! Eles disseram que um amigo brasileiro deles ensinou pra eles a canção e ele adoram!

Casa do Mandela - foto tirada apenas como "Check!"

Criançada de Soweto
Perto da casa do Mandela tem alguns restaurantes que parecem ser bem simpaticos, mas nossa nova amiga Connie queria nos levar para um lugar perto da casa dela que segunda ela era bem mais barato e tinha música boa. Quando chegamos lá todos ficaram um pouco preocupados porque não conheciamos o lugar, e sabíamos que a reputação dos arredores não era das melhores. Depois de arranjarmos um lugarzinho pra sentar, o Bruno foi arranjar umas cervejas pra gente enquanto o Laranja foi comprar nossa comida. O esquema desse lugar era assim: você compra a carne (crua) que vc vai comer (frango, bife ou boerewors) e leva pro churrasqueiro que faz a carne na hora pra você. Para acompanhamento nada melhor do que o famoso Pap, um purê de maisena de milho branco que não tem gosto de nada. Quando nossa carne ficou pronta descobrimos o jeito que devíamos comer: com uma mão vc pega a carne e com a outra vc pega o pap e pronto, simples assim. O problema é a sujeira na mão depois. Mas como diz o velho ditado: "Já que estávamos no inferno, abraçamos o diabo". Ficamos la escutando algumas musicas africanas, conversando, tomando cerveja, comendo pap e carne, que estava muito boa. Eu e o Bruno já estavamos nos sentindo na Freguesia do Ó.

Durante o almoço



A entrada do lugar que almoçamos

O Churrasqueiro

Connie indo verificar se nossa carne estava pronta

Antes de ir embora, uma pose com todo mundo mais o dono do 707_Panyaza

Quando eram umas 17:00h fomos embora, indo para a casa da Conie, onde tínhamos deixado a van, muitas crianças quiseram falar oi pra gente, dar a mão, todos muito amorciiitos. Saimos contentes e felizes, inclusive nosso taxista Brutos, que aproveitou o dia com a gente, comeu e bebeu na faixa, até ficamos com um pouco de medo porque ele tomou umas 5 cervejas, mas chegamos sãos e salvos em casa.

Criançada da rua da Connie

Foi um dia espetacular, para guardar na memória para sempre. O dia em Soweto não poderia ter sido melhor, nós conhecemos um pouco das pessoas e da vida dessa cidade.

Friday, September 17, 2010

Organic Market

Organic Market foi o lugar novo que conheci aqui em Joburg no fim de semana passado. Fomos eu, a Fran e a Mariana nesse lugar super calmo e gostoso. Elas já tinham ido ao Mercado Orgânico, mas como eu ainda não conhecia resolvemos ir almoçar lá. O lugar é super legal, tem algumas barracas que vendem comidas caseiras, como geléias e pães, e outras vedem toalhas bordadas, roupas, plantas, artesanatos etc... E também tem um lugar vendendo alguns sanduíches naturais, bolos e café, e foi lá que almoçamos. Onde sentamos tinha uma dupla cantando umas músicas gostosas enquanto almoçávamos, e depois de comer a sobremesa e tomar um cafézinho, fomos andar um pouco pelo "mercado".
Depois de lá fomos ao cinema assistir Shrek 4 tomando sorvete, um sábado super gostoso e tranquilo!



Esse video eu fiz enquanto almoçávamos:
video

Monday, August 30, 2010

Novos Brasileiros

Durante esses últimos dias fizemos vários encontros no estilo Brasil. A Fran encontrou um mercado português aqui e compramos Guaraná Antarctica e um queijo de minas muito bom! O pessoal que veio pra cá durante a Copa nos trouxe mistura de pão de queijo e farinha de fubá, então um dia fizemos um chá da tarde em casa com direito a pão de queijo, bolo de fubá, guaraná, doce de leite e cafézinho. Estava tudo muito bom, e essa mistura de pão de queijo me supreendeu, fica igualzinho ao pão de queijo congelado que eu estava acostumada a comer no Brasil.


Eu, Bruno, Fran, Laranja, Zucchi e Moreno


Em outro fim de semana fomos até a casa nova da Fran e do Laranja, e eles fizeram um ché da tarde pra gente, mas dessa vez ela convidou as amigas brasileiras da escola de inglês dela e seus respectivos maridos. Foi uma tarde muito legal porque a gente ficou conversando a tarde inteirinha, e lógico comemos também pão de queijo e tomamos guaraná, sem contar que a Fran encontrou waffle Bauducco num supermercado daqui, porque as bolachas aqui não são muito boas. Os casais que conhecemos são a Mariana e o Marcelo do Rio Grande do Sul, a Giovana e o Alexandre também do Rio Grande do Sul, a Larissa e o Fabio de Descalvado, cidade natal do meu pai! E o Ricardo que é amigo do Fabio e da Larissa que também é de Descalvado.

Bruno, eu, Laranja, Fran, Giovana, Alexandre, Mariana, Marcelo, Larissa, Fabio e Ricardo


Na sexta passada encontramos o pessoal brasuca de novo, e conhecemos mais um casal a Melissa e o Rodrigo, de São Paulo, eles não puderam ir no chá da tarde da Fran porque tinham outro compromisso. Foi muito legal, a gente conversou muito e rimos muito, sem falar que ficou um clube da Luluzinha e do Bolinha, porque a mesa estava dividida, de um lado ficaram as mulheres e do outro os homens. Imagina a falação que estava, principalmente do nosso lado! Comemos, bebemos, conversamos e o principal não paramos de rir um minuto, foi uma sexta bem divertida!

Larissa, Fran, Giovana, Melissa, eu e Mariana

Rodrigo, amigo do Alexandre não sei quem é, Alexandre, Marcelo, Ricardo, Laranja, Fabio e Bruno

Friday, August 27, 2010

Almoço Indiano

Dia 15/08/2010, domingão, tivemos um dia muito especial, fomos até a casa da Shilpi e do Devendra, nossos amigos indianos, que fizeram um almoço muito gostoso pra gente, comida indiana vegetariana e apimentada, uma delícia! Adoro a comida da Shil, ela cozinha muito bem e é completamente diferente da comida brasileira. Ela usa bastante coentro, tempero que eu nem conhecia no Brasil, e tem vários tipos de temperos diferentes e todos muito saborosos.

Ela preparou pra gente um prato feito de grão de bico chamado Chole, um pãozinho chamado Bhature e um arroz com muitos condimentos chamado Biryani, uma delícia! Só de lembrar já da água na boca! E eles comem de um jeito diferente, sempre usam um pão, que tem o formato de pão sírio, como acompanhamento, então com a mão direita você corta o pão e com a parte que foi cortada você faz como se fosse uma concha e pega o molho, o arroz pode comer com uma colher mesmo. Todo mundo acabou comendo com garfo e faca, porque é mais fácil, óbvio que eu quis comer que nem eles, eu os imito porque eu acho muito legal comer com a mão! É de vez enquando acho que eu não cresci mesmo.
Shil, Dev, Bru, eu, Fran, Laranja, Zuchi, Moreno

Depois de nos acabarmos de comer a gente ficou a tarde lá jogando 30 seconds, que é um jogo muito legal de adivinhação. Foi um domingo de muita comida, conversa e risadas, só faltou o Domingão do Faustão e o futebol à tarde, mas isso foi resolvido depois que chegamos em casa e ligamos a Globo internacional.

Eu fiz alguns videozinhos pra mostrar um pouco pra todos como foi o nosso domingo. Coloquei uma lengenda no video, mas ficou difícil pra ler, então eu coloquei as legendas depois de cada video para caso alguém precise ler.

video
Nós estamos aqui na casa da Shil e ela está preparando uma comida muito boa pra gente, comida indiana
Fazia muito tempo que eu não comia a comida indiana da Shil, que é a melhor das melhores
Desculpa, licença
Tá bom?
Fala "Oi" Shil!
Oi Querida!
Com o novo visual, muito bonita.
Vou filmar os homens um pouquinho
Oi pessoal, Como vocês estão?
Nós não estamos indo bem....
Só bebendo cerveja...
Sei... e as garotas na cozinha

video
E esse é o melhor molho que tem
molho de coentro
E esse arroz, cara, é tão bom
Abre e filma
É... É melhor
E o cheiro... maravilhoso

video
fala de novo, o que é isso?
Isso é grão de bico, que na Índia a gente chama de Chole
E pra comer com isso é o Bhature.
O que??
Bhature... Bhature
O que é Bhature?
São pães feitos de farinha de trigo

video
Isso é maravilhoso cara! Eu amei!
Isso é maravilhoso
Tem que ser cortado assim, e fazer assim.
Fala de novo o que é o prato.
Esse é conhecido como Bhature
Essa outra porção que é grão de bico a gente chama de Chole, esse é Biryani
E a combinação de tudo, como se chama?
A combinação a gente chama Chole-Bhature

video
Senhor Bruno você tá gostando?
Eu não to gostando Dev,
esta é a quarta vez que eu estou comendo só porque a Shil está me fazendo comer,
ela tá me forçando.
Ele está me fazendo compania.
Eu estou quase dormindo
Eu posso ver que a Shil tá ocupada
Ela começou a comer agora!
Ricardo está sentado assim
Marco ainda está bebendo
Fran e Fábio estão dormindo

Tuesday, August 17, 2010

Jeffreys Bay

Quando fomos assistir ao jogo do Brasil e Holanda, ao invés de ficarmos em Port Elizath (PE) onde fica o estádio, resolvemos ir para Jeffreys Bay, uma praia que fica a 80km de PE. Ficamos em Super Tubes Sufing, no backpacker Surfpacker. Essa parte da praia é onde ocorre o WCT (Campeonato mundial de Surf). Não preciso nem falar que o lugar tem uma vibração insana! Todo mundo é tranquilo, tratam você da melhor maneira possível e lá você se sente em paz com você mesmo. Nós chegamos de viagem as 22:00h, depois de sairmos de avião de Joburg, aterrissarmos em East London, e dirigirmos mais 380km até Jeffreys. A noite não dava pra ver muita coisa, só escutávamos o som do mar ao fundo. Assim que chegamos fomos comer uma pizza deliciosa num restaurante onde o Rafa (chegou no mesmo dia que a gente só que mais cedo) e o Salgado (chegou 2 dias antes pra curtir a praia) estavam.
Como eu e o Bruno não tínhamos muito tempo para curtir a praia, porque às 11:00h iríamos para o estádio, resolvemos acordar 6 da manhã para ver o nascer do sol. Estava bem frio quando saimos do backpacker e ainda muito escuro. A praia fica uns 50 metros do backpacker e na beira da praia tem um deque onde sentamos para esperar o sol. O dia começou a clarear, e alguns surfistas começavam a aparecer. As ondas não estavam enormes como ela costumam ser, mas mesmo assim é maravilhoso vê-las quebrando sincronizadamente.
Eram quase 7:00h quando o sol resolveu dar o ar da graça. Foi muito gostoso ver a natureza acordando. De repente tudo ficou alaranjado, e então o sol nasceu de vez. Nós resolvemos andar um pouco na areia, que diferente de algumas praias que fui, aqui elas não grudam tanto em você e apenas com um tapinha vc consegue tirar a areia do corpo bem fácil. Depois de andarmos um pouco fomos tomar um café da manhã em um restaurante que fica embaixo da recepção do backpacker. Chegamos no restaurante e achamos que iria ser uma facada comer lá porque tudo era tão bonito e estávamos em Jeffreys, mas para nossa surpresa a media do cardápio era 40 rands (10 reais) e ainda incluia a bebida! Isso é Africa, eles não abusam de você só porque está num dos melhores lugares do mundo de surf! E o mais legal foi quando a gente entrou no restaurante o som ambiente era Toquinho e Vinicius... maravilhoso!

O Rafa já tinha ido para Jeffreys várias vezes e foi ele que reservou o lugar pra gente, e na hora de voltarmos para Joburg pegamos um vôo que saia de George Town a 300km de Jeffreys, então acordamos cedo mais uma vez e fomos até o aeroporto. Quase chegando em George pegamos um desvio por umas montanhas e paramos em uma praia muito linda chamada Victoria Bay. A gente parou lá viu um pouco as ondas e os surfistas curtindo a praia. Eu e o Bruno decidimos que um dia voltaremos com mais calma nessa praia pra poder cutir mais esse lugar tão lindo e calmo.


Site do Backpacker que ficamos: http://www.surfpackers.co.za/