Friday, May 6, 2011

Segundo Dia

Nosso segundo dia de viagem foi cansativo mas recompensador. Depois de sairmos de Colesberg as 6 da manha, fomos em direcao a Jeffreys bay, mais 470km de viagem. O dia foi clareando e o sol foi aparecendo. Paramos para tomar um cafe da manha no carro com pao de forma, queijo e presunto, e um suquinho de laranja. Era por volta do meio-dia quando chegamos em Port Elizabeth, nao paramos apenas passamos pela cidade e de longe vimos o Mandela Stadium, estadio do fatidico dia em que o Brasil foi eliminado da Copa do Mundo. Com um dia lindo sem nenhuma nuvem no ceu, chegamos em Jeffreys Bay. Ficamos ali tirando fotos e mais fotos e apreciando as ondas perfeitas e geladas do mar Indico.
Depois de curtir um pouco o mar fomos almocar num restaurante chamado Nina's, fica na praia Super Tubes. A comida eh muito boa, eles tem uma pizza bem gostosa.
Seguimos viagem para Storms River, mas antes paramos numa praia chamada Cape St. Francis, a 30km de Jeffreys. Estava ventando muito la, mas a visao era fantastica. Um mar azul tao forte que parecia ate radioativo. Caminhando pelas pedras, fomos ate um lugar onde as ondas batiam forte nas pedras fazendo um show de aguas. Ficamos por la por mais um tempo tirando varias fotos e depois continuamos a nossa jornada de 110km ate Storms River. Eram por volta das 18h quando chegamos no backpacker Dijembe. Na vila de Storms River tinham varios bakcpackers, alguns deles eu tinha ligado mas estavam lotados, entao tinha sobrado o Dijembe, que era a acomodacao escolhida pelo guia Lonely Planet. O lugar nao era de todo ruim, na verdade depende do seu espirito de viagem. Para quem queria curtir a noite e conhecer gente nova, esse backpacker era legal, tinha um barzinho dentro, eles faziam fogueira todas as noites, e tinha gente la de tudo quanto eh lugar do mundo. Como nos estavamos sempre cansados durante a noite, porque todos os dias acordavamos as 6 da manha e as 21h ja estavamos podres, nosso espirito da noite era apenas dormir pra acordarmos dispostos no dia seguinte, entao pra gente o backpacker nao foi dos melhores. O cara que nos recepcionou foi super gente boa. Ficamos num quarto com 4 camas de solteiro, mas o problema maior era que soh tinha 1 banheiro para dividirmos entre nos mais o resto do backpacker. Quando chegamos no backpacker, ja espalhamos nossas coisas no lugar e jantamos o resto da torta do dia anterior, que ainda estava boa. Dia seguinte seria um dia muito legal pois iriamos ao Tsitsikamma National Park.


Surfista em Jeffreys

Fran e Laranja

Um Bi se divertindo nas aguas geladas de Jeffreys


Cape St. FrancisUm carrinho velho mas com muito amor

Cape St. Francis - Farol

Show das Aguas em St. Francis

Gaviotas esperando para comer os peixes dos pescadores

Voando para os pescadoresAtaque das Gaviotas - Me lembrou o desenho Procurando Nemo onde as Gaivotas ficavam toda hora querendo os peixes dos outros passaros e soh diziam "MEU"


Farol com filtro na lente



Bruno desbravando a Africa

Fran quando comecou a pegar as conchinhas na praia



Se alguem estiver interessado em ficar no Dijembe Backpackers ai vai o link:
http://www.dijembebackpackers.com/
Eles tambem tem quartos para casais com banheiro individual, talvez esse possa valer a pena.

2 comments:

Suelen said...

lugares bonitoss heim!! muito showw!! atualiza o blog logo, quero ver os dias que faltam! :)
bjusss

Fe Marins said...

hahahahahaha...
Os seus detalhes, minunciosos, de cada passo é tão romântico...hahahahahaha..Adorei!
Quero mais fotos!
Aquele fusca do amor, era pra vcs. Os 4 casaram em segredo? Só me explica quem casou com quem: O Bruno com o laranja?..rs

bjo