Friday, July 25, 2014

Mandela Day

Dia 18 de Julho eh o dia do nascimento de Nelson Mandela. Para comemorar essa data tao importante muitas pessoas fazem acoes voluntarias durante 67 minutos nesse dia. Os 67 minutos vem da quantidade de anos que Mandela dedicou sua vida em funcao do povo Sul-africano. Foram 67 anos de luta como advogado, pacificador internacional e o primeiro presidente eleito democraticamente pelo povo livre Sul-africano.
Essa campanha comecou faz 5 anos. As pessoas se juntam para ajudar alguma escola, asilo, abrigo e etc com doacoes e com trabalhos manuais como por exemplo pintar ou limpar o local.
Muitas empresas tambem participam do Mandela Day, juntam os funcionarios e os levam para alguma entidade que necessite de ajuda.

Esse ano consegui pariticpar do Mandela Day pela minha empresa. Varios funcionarios doaram cobertores e roupas, e a empresa doou comida, cobertores, aquecedores, cadeiras de rodas e andadores. Fomos a um asilo chamado Itlhokomeleng em Alexandra onde moram 106 idosos.
Itlhokomeleng siginifica "help yourselves" (ajude a si mesmo).

A gente podia decidir o que fazer para ajudar. Podia limpar, pintar, ajudar na horta, fazer exercicios ou socializar com os velhinhos. Eu decidi ajudar a pintar os quartos. Pelo pouco tempo que tinhamos, afinal 67 minutos eh muito pouco para fazer uma pintura boa, nos conseguimos pintar o quarto que era verde pra creme. Cada quarto tinham 2 camas de solteiro e um armario pequeno onde os velhinhos que dormiam ali guardavam seus pertences.

Mas nao sao todos que dormem em quartos como esses que pintamos, apenas os que conseguem se locomover sozinhos. Os outros ficavam em uma outra casa que nao consegui conhecer.

No final os velhinhos estavam felizes com a doacoes e quando fomos embora alguns diziam obrigada, acenavam e nos davam as maos.
Eh nessas horas que a gente re-pensa muito na nossa vida, e no tanto que a gente poderia ajudar e as vezes nao ajuda. Espero conseguir contribuir mais porque nao ha sensacao melhor no mundo do que ver um sorriso de obrigado.

Aqui estao algumas fotos dos arredores do asilo. Alexandra eh um dos bairros mais pobres de Joburg, na verdade eh uma favela como as do Brasil.

Essas criancas estavam caminhando na calcada. O menino de laranja segurava a mao da menininha que esta no meio e nao a deixava sair do lado dele. E ela ficava quietinha.
Pessoal jogando
Atras dessas grades o comerciante vende doces, salgadinhos e etc.
Crianca no cabeleireiro. Ela estava fazendo essas trancinhas embutidas que eu acho lindo!
Para terminar o post, deixo aqui as palavras de Madiba:

What counts in life is not the mere fact that we have lived. It is what difference we have made to the lives of others that will determine the significance of the life we lead” – Nelson Mandela
(Na vida o que conta nao eh o simples fato de que temos vivido. Eh o que temos feito de diferente na vida de outros que determinara o significado da vida que levamos)

Friday, April 25, 2014

Cape Town na Pascoa

Aproveitamos o feriado da Pascoa e fomos para Cape Town. Alugamos uma casa bem bacana em Scarborough, uma praia perto do Cape Point.

Me dei conta que essa era apenas a terceira vez que fui para Cape Town. A ultima tinha sido a quase 3 anos atras, quando minha familia veio nos visitar.

Pegamos o voo em Lanseria, que eh um aeroporto para voos domesticos mais perto de casa.
Chegamos na sexta-feira santa em Cape Town. Aproveitamos para almocar por la e ate fomos na roda gigante no Water Front. Da ultima vez que tinha ido ela tinha sido removida. Mas dessa vez ela estava la e eu e a Mari levamos nossos guris para um passeio. A vista de la de cima eh linda, achei que valeu muito a pena.

De Cape Town ate Scarborough sao quase 50km, mas nos fizemos uma rota panoramica passando por Camps Bay, Hout Bay e Chapmans Peak. Essa cidade tem cada paisagem de tirar o folego.

Depois de 1 hora de passeio chegamos na casa. Uma casa boa, com 4 quartos. Estavamos em 9 adultos mais 2 criancas e uma baby. A casa chamava Atlantic Dream Beachfront Villa. Casa boa, grande e aconchegante, perto da praia. A praia era linda, areia fina, mas a agua... gelaaaaada! So surfista entrava e ainda usando roupa de neoprene cobrindo dos pes a cabeca. A gente aproveitou um pouco a praia com as criancas, mesmo com a ventania que estava.


No dia 19 teve a Two Oceans Marathon. Essa era a verdadeira razao de estarmos em Cape Town. Os homens da casa foram correr a meia maratona (21km). Sairam de casa as 4:30 da manha e voltaram eram quase 11h. Estavam super cansados, uns com joelhos estourados outros nao tao acabados. Mas todos adoraram a corrida. Disseram que a paisagem e a vibe da galera eram demais. Tinham por volta de 6mil pessoas correndo. Gente de todas as idades, tamanhos e nacionalidades.

No domingo de Pascoa, fizemos uma pequena caca aos ovos para o Vicente e o Gabriel. Eles se divertiram.

Depois fomos visitar os Pinguins em Boulders beach e almocar em Kalk Bay. O restaurante que almocamos chamava Sirocco Restaurant. Muito gostoso. Ele eh um espaco aberto e nao eh muito grande. O cardapio eh menor mas a comida estava maravilhosa.

Na segunda-feira que tb era feriado, fomos ate os vinhedos em Stellenbosch. Metade da galera iria voltar para Joburg e metade iria ficar mais um dia. Fomos ate o vinhedo Zorgvliet, onde iriamos passar a noite de segunda. Ja tinhamos passado por esse vinhedo na ultima vez que viemos, e la a vista eh maravilhosa! Pena que o restaurante estava fechado.

Nos resolvemos entao apenas tomar um vinho e comer uma tabua de queijos. Para almocar fomos a um restaurante perto dali chamado Le Pommier. Restaurante mais simples mas a comida estava gostosa.

De la voltamos para nossa acomodacao e o resto do povo foi para o aeroporto embarcar para Joburg. Depois de nos acomodarmos resolvemos dar uma volta e descobrimos um restaurante absurdamente lindo, com uma vista maravilhosa. Graff Restaurant. Nos tentamos marcar o almoco para o dia seguinte mas eles estavam lotados. Ate tentamos jantar la mas nao podiamos entrar de bermuda. Decidimos ir embora e quem sabe um dia voltar.

Na terca fomos ate La Motte um vinhedo maravilhoso tambem. Fizemos a degustacao dos vinhos e ate tentamos almocar no restaurante de la, mas infelizmente estava lotado. Esse eh um restaurante que esta na minha lista. Na proxima eu volto com reserva feita.

Fomos entao ate um outro vinhedo perto de onde estavamos chamado Dieu Donne. Muito lindo tambem, e la conseguimos sentar para almocar e ver a vista maginifica. A comida estava sensacional. E foi assim que encerramos nossa passagem por Cape Town.


Aqui estao as dicas de vinhedos mais sofisticados para passear, fazer degustacao de vinhos e ter uma refeicao mais refinada.
http://www.la-motte.com/
http://www.dieudonnevineyards.com/
http://www.delaire.co.za/index.php/dining/delaire-graff-restaurant.html
http://www.tokararestaurant.co.za/

Thursday, March 27, 2014

Zimbali - North Durban

Dia 21 de Marco eh dia dos direitos humanos aqui na Africa do Sul. Esse ano caiu numa sexta-feira. Por isso planejamos viajar para a praia. Como ir pra praia daqui de Joburg eh uma tarefa mais complicada, eh bom ter um final de semana prolongado pra conseguir descansar de verdade.

Fomos para uma praia mais ao norte de Durban, perto de Dolphins coast, chamada Zimbali. Nesse bairro tem um resort de luxo lindo. Perto desse resort tem um residencial chamado Zimbali Coastal Resort & Estate. Esse residencial possue varias casas grandes e algumas delas os donos alugam para temporadas e feriados. Como estariamos em 5 casais mais 5 criancas precisavamos de uma casa grande. Procurando na internet encontramos esse residencial e uma casa com 5 quartos que acamodava todos nos. Claro que estava com medo de nao dar certo ou de ter algum problema com o lugar ja que nunca fui praqueles lados. Mas tudo deu certo.

Saimos daqui na quinta-feira dia 20 de marco, depois do almoco. Fomos em comboio. Estavamos em 3 carros com 4 criancas, por isso tivemos que fazer algumas paradas e a viagem durou 7 horas. Pegamos a estradas as 14h e chegamos as 21h.

Para ir de Joburg ate Durban eh uma estrada apenas. Eh soh pegar a N3 e depois de uns 580km esta Durban. A estrada eh otima, sempre com duas faixas pelo menos. Depois de chegar em Durban eh soh pegar mais 40km de N2 e ja esta em Ballito, que eh a praia perto de Zimabali.

A casa era enooorme. Mas era o que precisavamos pra tanta gente. Confesso que estava um pouco suja quando chegamos. Mas no dia seguinte o moco da limpeza foi e deixou a casa um brinco.

Na sexta e no sabado saiu sol e aproveitamos pra ir pra praia. Nao deu pra aproveitar muito a praia em si porque as ondas eram muito fortes e a recomendacao era de nao nadar. As ondas quebravam forte bem na beira. Mas o residencial tem uma area de piscinas onde a gente se esbaldou.

Foi um fim de semana muito divertido. Demos muitas risadas, fizemos churrascos, tomamos sol e ate banho de jacuzi. As criancas se divertiram, brincaram, dancaram, foram na piscina, brincaram na areia. Quer dizer, foi um fim de semana de rei pra todos.

No domingo foi o dia de voltar pra casa. O sol saiu lindo, ate aproveitamos um pouco as piscinas antes de pegar a estrada de volta. Mais 600km pra voltar. Saimos de la as 10h e chegamos as 17h em casa. Com direito a uma parada pra almoco.

Para mais informacoes sobre o residencial, o resort e as casas que eles alugam eh soh acessar o site:
http://www.zimbalihomes.com/

Wednesday, March 26, 2014

Drakensberg - Amphitheater

No dia 9 de Agosto de 2013 foi dia das mulheres, e aqui esse dia eh feriado!
Aproveitamos que esse dia caiu numa sexta e fomos pela primeira vez para Drakensberg.

Eu sempre tive vontade de conhecer essa area. Fica uns 400km de Johannesburg, e eh uma area cheia de montanhas. Saimos no dia 9 bem cedo e com chuva! Estava ficando frio, e foi a primeira chuva que teve desde abril. Claro que tinha que chover justo no dia que iriamos viajar... rsrsrs

O Gabriel se comportou na viagem que durou umas 4 horas. Foram 350km de estrada boa, com excecao de uns 15km de estrada em construcao. Quando estavamos na area de Drakensberg pegamos uma neblina pesada na estrada. Mas mesmo assim foi bem tranquila a viagem.

Todos os lodges nessa regiao estavam lotados, tambem resolvemos planejar a viagem uma semana antes do feriado. Mas conseguimos um chale num lodge chamado Bingelela. Esse logde fica dentro de uma fazenda pequena. Nao tem nada de luxuoso, os chales sao bem simples com chuveiro e agua quente. O restaurante do lugar era bem gostoso. Como chegamos na sexta na hora do almoco, decidimos tirar um cochilo durante a tarde ja que o tempo estava chuvoso e nao tinha nada ao redor para fazermos.

No dia seguinte acordamos cedo e fomos para o Royal Natal National Park. Esse parque ficava uns 20km da nossa acomodacao. Ele tem varias montanhas e a mais conhecida eh a Amphitheater (Anfiteatro). No topo dessa montanha eh onde esta a Tugela Falls, a cachoeira mais alta da Africa e a segunda mais alta do mundo. Sua agua cai de uma altura de 948 metros. Eh possivel chegar ao topo da cachoeira mas nao eh uma trilha muito facil. Uns amigos nossos foram e levaram quase 12h de caminhada, contando ida e volta. Nos resolvemos nao nos arriscar, ja que estavamos com nosso pequeno junto.

A entrada do parque custa 30 rands por pessoa (uns 7 reais). No portao de entrada perguntamos para o guarda se dava pra ver a montanha, ele disse que normalmente da pra se ver a montanha, mas com a neblina que estava seria dificil. Que otimo, viajamos 350km pra nao conseguirmos ver as montanhas que sempre quis conhecer. Mas enfim, pegamos um mapa com informacoes, e vimos que tinha uma trilha bem tranquila que podiamos fazer. Entao estacionamos o carro e comecamos a trilha. O dia estava comecando a melhorar, as nuvens estavam abrindo e mostrando o ceu azul lindo. Comecamos a nos animar. Essa trilha que fizemos eh muito tranquila, para cadeirantes... rsrsrs. Era asfaltada na sua maior parte, mas para chegar na area do rio que corria nao tinha mais aslfalto, eram soh pedras.



Foram 5km de caminhada, e quando voltamos quase nao tinha mais nuvem. E nao eh que o Amphitheater estava ali, lindo! Nossa que lugar bonito! Ainda bem que as nuvens foram embora. Fizemos um pequeno pic-nic e curtimos o lugar.


Voltamos para o lodge eram umas 15h, e da estrada dava pra ver a montanha. Como o guarda disse, sem nuvens da pra ver ela de longe, mas como de manha a neblina estava forte, nem imaginavamos que seria tao facil de ver a montanha assim.

Jantamos no restaurante, e no dia seguinte depois do cafe da manha voltamos para Joburg.

Para mais informacoes do lodge:
www.bingelela.co.za

Um casal amigo meu foi para Drakensberg recentemente. Ficaram numa pousada chamada The Cavern. Mais uma indicacao de lugar pra ficar nessa area. Disseram que o lugar era muito bom. Esse eh o site: www.cavern.co.za