Wednesday, June 29, 2011

Tubarao em Hermanus

Finalmente chegou o dia para a nossa segunda grande aventura nessa viagem, mergulho com os tubaroes!
Essa manha acordamos bem cedo porque deveriamos ir ao Shark Alley (Beco do Tubarao). Arrumamos nossa mala, porque do mergulho iriamos direto para Cape Town, colocamos tudo no carro e fomos para o White Shark Ecoventures, que era o pessoal que organiza o mergulho com os tubaroes.Mergulhar nao eh tao barato, custou 995 rands, e foi o mais barato que eu achei. Mas para quem gosta de mar e encarar o maior predador em aguas geladas vale a pena.
Depois de uma breve explicacao de como tudo funcionava e um bom cafe da manha proporcinado pelo Ecoventure, o instrutor levou o grupo, de mais ou menos 22 pessoas, para a praia. Pegamos uma mini-van do Ecoventures que nos levou ate o local dos barcos.
Essa foi nossa primeira vista do que iriamos encarar.


Ah e me esqueci de dizer que o tempo estava pessimo, frio, mar revolto, nao ia ser um mergulho tao simples.
Todos dentro do barco, usando capa de chuva, o barco foi para o mar e o balanco comecou. Eu ja comecei a me sentir meio enjoada, o Laranja tambem, mas ainda tava tudo muito tranquilo. Ate o barco chegar no local dos tubaroes demorou mais uns 10 minutos.
Nessa foto ainda estavamos muito bem!

Assim que o barco parou, os instrutores colocaram a jaula na agua e falaram que se a gente quisesse poderiamos subir no topo do barco. Eu ja estava passando mal de verdade, o Bruno e o Laranaja ainda estava comecando a ficar brancos, e enquanto isso a Fran estava toda corada e subiu la pra tirar umas fotos.
Depois nos deram as roupas de mergulho, e com aquele barco balancando de um lado pro outro ficava dificil de ficar parado. Eu nao estava conseguindo levantar direito, fiquei no meu lugar sentada quando um dos instrutores veio me dar um pirulito, disseram que chupar pirulito ajudava no enjoo. Tambem ajudava olhar pro horizonte ao inves de olhar pro chao do barco ou pro mar, ou mesmo ficar de olhos fechados, mas quem disse que eu conseguia fazer alguma coisa, no maximo eu conseguia ficar vendo um dos instrutores "chuchando" um peixe morto num balde de agua que escorria pro mar para chamar os tubaroes para perto. Alem do balanco do barco tinha tambem o cheiro de peixe podre.
Uma hora um dos donos do barco, um senhor baixinho bigodudo, usando o tipico shorts cor beje e camisa de Afrikans, viu o meu estado, que a cada hora piorava, e me chamou pra sentar do lado dele, onde ficava a jaula na agua. E foi dessa maneira que eu vi os tubaroes.
Enquanto isso algumas pessoas ja tinha colocado as roupas de mergulho e entrado na jaula. A Fran sem enjoo nenhum, ja estava trocada, o Bruno ainda estava se trocando e o Laranja nao conseguia fazer outra coisa alem de ficar olhando para o horizonte com a cara palida, do lado do barco oposto ao da jaula. A Fran ajudou o Laranja a se trocar, e eu ainda estava ali vendo os tubaroes do lado de dentro do barco. Uma certa hora o Bruno pediu licensa pro Laranja e chamou o ugo da maneira mais insana possivel e mostrou para o publico como era vomitar, e la se foi todo o cafe da manha. Assim ele melhorou um pouco e foi para a jaula mergulhar. Teve uma hora que um dos tubaroes saiu da agua e deu pra ver ele direitinho, foi quando me empolguei levantei e o enjoo bateu forete, sai correndo pro outro lado do barco e foi embora tudo que estava no meu estomago, que era pouco. Mas assim me senti melhor, resolvi pedir roupa de mergulho pq estava me sentindo um pouco melhor, e achei melhor passar no banheiro antes pra dar uma garantida, o que eu nao contava eh que o banheiro do barco foi o meu pior inimigo, aquele era o lugar que balancava mais no barco, sai de la mais branca do que entrei e nao conseguia fazer mais nada, foi ai que sentei e fiquei vegetando ate todo mundo terminar o mergulho. A Fran e o Laranja mergulharam nas aguas geladas do Atlantico. Alem de todo o balanco do barco e o frio, tinha tambem a temperatura da agua que estava a 13 graus, perfeita para os tubaroes.
A Fran passou mal apenas um pouco pq quando ela foi tirar a roupa de mergulho decidiu se trocar dentro do banheiro, se ela que estava super bem se sentiu mal depois de entrar no banheiro, imaginem o meu estado como nao estava.
Logico que as pessoas que passavam mal nao eram somente nos, todo mundo do barco, com execao do bigode e dos instrutores que ja estao acostumados com o mar, todo mundo estava de pirulito na boca e passando mal.
Depois de umas 4 horas, todo mundo ja tinha mergulhado, os caras deixaram a gaiola no mar e voltamos para terra firme. E no caminho passamos na frente da razao de ter tubaroes naquela regiao, passamos na frente de uma ilha repleta de focas. Focas por todos os lados! Um fedo terrivel!Quase chegando em terra firme, eu vi uma menina vomitar um liquido amarelo e nao aguentei e fui vomitar "nada" mais uma vez.
Quando chegamos em terra firme, adivinhem quem foi a primeira a descer? Eu obvio, logo depois vieram os demais.



Depois todos voltamos no escritorio do Ecoventures e eles nos deram almoco (lasanha) e nos mostraram o video, e logico que naquela ja estavamos melhores e conseguimos dar risada da nossa cara de pastel dentro do barco.
Depois de tudo isso, fomos voltamos para o backpacker e pedimos para tomar banho la. Foi um alivio entrar debaixo de agua quente e tirar o cheiro de peixe.
Partimos para Cape Town. Sao 100km de estrada, mas uma estrada boa e com uma vista muito bonita pela Clarence drive.

Chegamos no hotel que iriamos ficar. Chama House on the Hill, fica do lado do estadio da Copa do mundo. O lugar eh muito legal, super limpo e bem situado. Deixamos nossas coisas, fomos dar uma voltinha a peh e terminamos nosso dia num restaurante que era especializado em file mignon, afinal precisavamos nos paparicar, a manha tinha destruido a gente.

Nossa primeira vista da Table Mountain, o ceu estava limpando, e nos torcendo pra que nao tivesse nenhuma nuvem no dia seguinte para assim podermos subir. Water Front





Green Bay - Estadio da Copa do mundo - Aqui foi a semi-final, onde o Brasil deveria ter jogado se nao tivesse perdido da HolandaMeu Fillet Mignon estava maravilhoso, era flambado... delicia... depois de passar tanto mal pelo menos jantamos muito bem!

4 comments:

Val said...

Ainda bem que vc comenta tudo o que faz, inclusive quando não faz!!! auahauahahaa Quando eu estiver por aí, certeza que esse será um programa impossível pra mim. Odeio cheiro de peixe e ainda mais acompanhado de balanço. ECA!!!
Beijo.
=]

Suelen said...

eu pensei q a gaiola descia um pouco, mas não fica o tempo todo presa no barco hehehe assim não tem graça, o legal é pular na água sem nenhuma gaiola protegendo e nadar com o tubarões hauhauahuahua ai eu iria kakakakakaka

Elisa said...

Olá, gostaria de saber o nome do restaurante que vocês foram em Cape Town. Obrigada! :)

Maurício Ouyama said...
This comment has been removed by the author.